REQUERIMENTOS APROVADOS NA CÂMARA DE VEREADORES BENEFICIARÃO BAIRROS E POVOADOS DE SÃO CRISTÓVÃO

Na noite desta quinta-feira (13), a Câmara Municipal de São Cristóvão realizou a 25ª Sessão Plenária com os parlamentares solicitando cobertura de canais, recuperação de estradas, construção de praça e extensão de benefício aos servidores temporários.

Na abertura do grande expediente, o vereador Rege do Rosa Maria falou sobre o requerimento 042/2020, de sua autoria, solicitando que o secretário interino de infraestrutura de São Cristóvão Carlos Antônio Soares de Melo envie a equipe da Defesa Civil para vistoriar residências no Alto da Boa Vista, conhecido como Alto da Favela, pois está ocorrendo deslizamento de terras no local.

O segundo orador da 25ª Sessão, vereador Lilo Abençoado, falou sobre requerimento de sua autoria (041/2020) para que a Secretaria Municipal de Saúde adira às orientações do Ministério da Saúde sobre o manuseio medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico da Covid-19. Também as indicações 107/2020 e 112/2020 para a construção de uma creche no loteamento Rosa do Oeste e a execução de nivelamento da estrada e ruas do povoado Arame I, respectivamente.

Tony da Academia defendeu a indicação 043/2020, apresentada por ele, para que seja assinada ordem de serviço para revestimento de canais dos conjuntos Eduardo Gomes e Lafaiete Coutinho e a construção da praça que fica na Rua 53 A, no Eduardo Gomes, conhecida como Praça da Caixa D’água.

As estradas vicinais que dão acesso ao povoado Várzea Grande necessitam urgentemente de recuperação. Para isso, o vereador Djalma Santana solicitou ao prefeito Marcos Santana através da indicação 110/2020 que esta seja realizada o mais breve possível. Já pensando nos servidores temporários com contratos suspensos em virtude dos impactos sociais e econômicos da pandemia de Covid-19.

Ao final, o presidente da Casa, Paulo Junior, falou sobre a santificação de Santa Dulce dos Pobres, que teve uma passagem por São Cristóvão e o município através da Paróquia Nossa Senhora da Vitória realizou uma missa em Ação de Graças pela primeira santa brasileira. “Caso não estivéssemos em uma crise sanitária, São Cristóvão, seguramente, estaria no trade turístico religioso”, afirmou.

Paulo Junior falou sobre sua indignação e de todos os vereadores municipais pela invasão na estação de tratamento de água Rio Comprido prejudicando 30 mil pessoas deixando-as sem abastecimento de água. “Como presidente do Legislativo Municipal, peço às forças de segurança celeridade nas investigações deste ato criminoso e atenção especial da SSP por meio da polícia investigativa desse estado para que essa violência contra a população sancristovense não se repita”, enfatizou.

Concluindo seu discurso, o presidente respondeu aos questionamentos dos vereadores de oposição sobre o requerimento para instauração de CPI. “Diante da crise sanitária não pedi prioridade à assessoria jurídica, até porque a Casa precisa se adequar para instauração de uma comissão parlamentar de inquérito caso ela atenda aos requisitos necessários para que seja instaurada, pois numa CPI há as oitivas e mesmo os trâmites burocráticos que necessitam de espaços e pessoal, portanto é preciso pensar, de forma responsável, onde eles serão alocados diante desse cenário atual”, finalizou.

Ascom/CMSC

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *