Durante a 6ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de São Cristóvão realizada na noite de terça-feira (10), a abertura dos discursos foi realizada por Rafael Araújo para falar de sua indignação com o partido ao qual sempre foi filiado, o PT, por ter recebido do presidente do diretório municipal documento para sua expulsão alegando infidelidade partidária, pois no pleito de 2018 apoiou candidatos fora da aliança em que o partido estava; no entanto, o conselho de ética em 2019 nada encontrou de irregular na sua postura. Mas que tem sua consciência tranquila e usará a janela eleitoral para mudar de agremiação.

Também manifestou insatisfação com um projeto protocolado alterando algumas regras de transporte, cuja autoria não lhe foi concedida e, portanto, não participará da votação desta matéria.

Em seguida, Vanderlan Nego agradeceu ao prefeito Marcos Santana por ter rebaixado as ruas do Rosa do Oeste, melhorar o acesso ao loteamento e instalar braços de LED nas duas etapas do bairro.

Para o vereador Nal do Maria do Carmo, o município carece de uma Unidade do Instituto de Identificação e ele apresentou requerimento para que o prefeito Marcos Santana solicite ao órgão competente a instalação no prédio do CEAC.

O parlamentar também apresentou moção de pesar à família de Joana D’Arc, fundadora do Conjunto Maria do Carmo III.

Ao final, Lilo Abençoado anunciou que irá oficiar o município para saber onde e quando serão utilizados os recursos oriundos dos royalties, pois, segundo denúncia de uma liderança política, um valor significativo dessa verba foi desviada para pagamentos de salários.

Quanto às obras paralisadas, que foram dadas ordens de serviço, apenas duas foram concluídas e o representante popular afirmou que tal fato causa grandes prejuízos ao erário público.

 

T. Dantas Comunicação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *