A 4ª Sessão Plenária da Câmara Municipal de São Cristóvão no ano Legislativo de 2020 ocorreu nesta terça-feira (03) e os discursos do Grande Expediente tiveram início com o vereador Lilo Abençoado tratando da situação das galerias pluviais abaixo do local onde fica localizada a feira do Eduardo Gomes, pois durante as chuvas o espaço fica inundado prejudicando os feirantes e a população consumidora.

O segundo item abordado pelo parlamentar foi a obra da ponte do povoado Camboatá, pois afirmou ter constatado, em visita, que está sendo executada com materiais que já foram utilizados em outra obra. “Fui ao CREA, solicitei fiscalização e aguardo o laudo técnico, pois vi emendas de solda e ferragens corroídas”.
Djalma Santana
Foto: Elaine Mesoli
O reparo do pontilhão de ferro sobre o rio Poxim Mirim, que liga a ciclovia do município de São Cristóvão à de Aracaju, foi a solicitação do vereador Djalma Santana ao líder do prefeito, Dito, para que este levasse essa demanda ao Executivo. Djalma Santana também apresentou requerimentos para execução de limpeza dos canais cobertos no Centro Comercial do Eduardo Gomes e a remoção da feira para um local adequado, e ao diretor-presidente do DER, Ancelmo Luiz de Souza, a recuperação dos quebra molas em frente a UFS e ao Conjunto Luís Alves.
As indicações 012/2020, 013/2020 e 014/2020 foram defendidas pelo vereador Tony da Academia em plenário. Elas tratam, respectivamente, da drenagem e pavimentação da Travessa Maria Josefina de Jesus e todas as ruas que não possuem o serviço, no bairro Rosa Maria; da avenida principal do povoado Cabrita, com extensão para todo o povoado e da rua São Francisco, no bairro Tijuquinha.
O vereador Nal do Maria do Carmo apresentou indicações para instalação de iluminação pública (braços e luminárias) na Rua 01, no contorno da ocupação do Conjunto Maria do Carmo que é constituída por apenas quatro postes e também na continuação da Rua Elpídio Batista Neri que dá acesso ao referido conjunto
A Prefeitura de São Cristóvão entregou à comunidade do povoado Cardoso a Escola Municipal de Ensino Fundamental Antônio Carlos Leite Franco totalmente readequada e a ação foi parabenizada pelo vereador Diego Prado que ressaltou o valor da obra – R$ 90 mil em recursos próprios – e a felicidade dos pais, mães, alunos e alunas por terem uma nova quadra de esportes e salas climatizadas com qualidade para o ensino.

Encerrando os discursos do Grande Expediente, o vereador Dadá criticou a prestação de serviços de iluminação pública pela empresa terceirizada que realiza o trabalho. “Deixa muito a desejar e a população paga por este serviço, não é gratuito. Portanto, os cidadãos devem ser melhor atendidos”
T. Dantas Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *